Circuito do Tejo

DURAÇÃO

6h00 (PERCURSO RODOVIÁRIO)

2 DIAS DE VISITA

 

DISTÂNCIA

300 KM

 

ITINERÁRIO

Castelo Branco | Malpica do Tejo | Monforte da Beira | Escalos de Baixo | Mata | Lousa | Escalos de Cima | Alcains | Póvoa de Rio de Moinhos | Tinalhas | Ninho do Açor | Freixial do Campo | Salgueiro do Campo | Caféde | Lardosa | Louriçal do Campo | São Vicente da Beira | Almaceda | Sarzedas | Sarnadas de Ródão | Vila Velha de Ródão

Foi assinalável a presença da Ordem do Templo no território de Castelo Branco e de Vila Velha de Rodão. Os seus castelos revelaram-se importantes na ação defensiva do território, acabando por integrar a designada linha de defesa do Tejo. Apesar da extinção dos Templários, no início do século XIV, a importância das Ordens Militares neste espaço geográfico não se dissipou, pelo contrário. Apesar da sede da recém-criada Ordem de Cristo ter sido instituída, em 1319, em Castro Marim, foi na localidade de Castelo Branco que o mestre da nova milícia fixou a sua residência (aliás como já tinha feito o último mestre templário D. Vasco Fernandes). Como consequência, a Ordem de Cristo institui a comenda de Castelo Branco, onde exercia direitos sobre as igrejas de Santa Maria do Castelo e de S. Miguel. A par desta comenda, entre o século XIV e o início da centúria de quinhentista, instituem- -se outras, como a comenda de Alcains, da Lardosa, de Vila Velha de Ródão (antiga comenda da Ordem do Templo), da Lousa e a comenda composta por Escalos de Cima, Escalos de Baixo, Cafede e Aldeia da Mata.